Novos Featured Snippets no Lado Direito do Google

Featured Snippet Right Sidebar Google

Mais e mais webmasters estão a reportar uma espécie de novos Featured Snippets no lado direito do Google.  Um espaço que até agora era reservado Knowledge Panels do Google.

Ainda é cedo para tentar perceber exactamente o que é. E o Google ainda não libertou informação sobre o tema.

Podem ver aqui um exemplo do que estamos a falar.

Featured Snippet Right Sidebar Google

Em Portugal ainda não vi nenhum, mas mercados como Espanha ou Brasil já começaram a receber estes nos Featured Snippets.

Para entender o impacto destes nos destaques do lado direito do Google, fiz uma análise de CTR a 5 páginas que têm keywords a disparar estes Featured Snippets.

Terão estes Featured Snippets impacto no CTR?

Impacto dos Featured Snippets no CTR,Featured Snippets no lado direito

A azul o CTR médio para KWs que disparam o Featured Snippet do lado direito e a laranja os resultados médio para as mesmas Kws, em Maio, antes de de haver este novo destaque.

As conclusões, para já, é que estes novos Featured Snippets não têm impacto em visitas. Pode ser por serem novos e os utilizadores ainda não estarem acostumados.

Seguramente um tema a manter debaixo de olho.

E vocês, já viram resultados diferentes destes?

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Novo Google News – App disponível em Android, iOS e Web

Google News App

Abril marcou uma nova viragem em termos de importância dos canais. As visitas a websites através de “Orgânico” ultrapassaram pela primeira vez em 5 anos as visitas vindas das Redes Sociais. O Google – melhor que ninguém – sabe disso e aproveitou o momento para lançar o novo Google News.

A Google tem um papel importante no consumo de notícias online e, aliás, tem sido atacada muitas vezes pelos meios de comunicação social que acusam a gigante de fazer dinheiro à conta dos jornais. O novo Google News vem trabalhar um mercado muito maltratado, resultando da união entre o antigo Google News e o Google Play Newsstand. A app estará disponível para Android e iOS e também no computador em 127 países, incluindo Portugal.

Esta pode ser uma das melhores formas de combater as tão famosas “fake news”, mas irão querer os utilizadores instalar mais uma app para terem acesso a informação difundida rapidamente pelo Facebook e Twitter?

Quando criámos o Google Notícias originalmente há 15 anos, organizámos artigos de notícias para facilitar a visualização de várias fontes sobre o mesmo assunto.
O Google News agora recriado usa um novo conjunto de técnicas de IA para obter um fluxo constante de informações enquanto acede à Web, analisa em tempo real e organiza a informação em enredos. Essa abordagem significa que o Google News entende as pessoas, os lugares e as coisas envolvidas numa história à medida que ela evolui e tenta entender como eles se relacionam entre si. Em essência, essa tecnologia permite-nos sintetizar informações e reuni-las de uma forma que o ajuda a entender o que está a acontecer e qual foi o impacto ou a reacção.

O novo Google Notícias substitui o Google Play Newsstand em dispositivos móveis e computadores e o aplicativo Google News & Weather nos smartphones. Estará disponível em todos os países até ao final da próxima semana.

Como Criar um Blog de Sucesso (E Ganhar Dinheiro) Passo-a-Passo

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Conteúdo oculto não é penalizado pelo Google

Conteúdo Oculto Google

Agora que o primeiro passo de indexação para dispositivos móveis está realmente a ser implementado, a discussão voltou: conteúdo oculto é penalizado pelo Google? E com o Mobile-First Indexing?

Segundo o Google, o conteúdo oculto não irá causar problemas ou penalizações com a mudança para Mobile-First Indexing. Desde que o conteúdo esteja acessível no site para dispositivos móveis. Por isso, o conteúdo em guias, tabs ou acordeões ou outros métodos que mantêm o design mais limpo – mas permitir que os utilizadores acedam esse conteúdo – está de acordo com o livro de estilo do Google.

Dois Googlers diferentes reafirmaram isto mesmo recentemente. John Mueller, do Google, disse isso novamente no BrightonSEO:

Com o lançamento do Mobile-First Index, o Google tratará o conteúdo que está oculto de uma forma igual ao conteúdo que está à vista sem necessidade de nenhum clique.

O Google não usa rel=next em a-Elements

Mas nem só de conteúdo oculto de fala no Google. Outra das novidades mais recentes vindas do Google diz respeito aos famosos rel=next. E que confusam vai por essa web…

O rel=next e rel=prev do Google indica a paginação, como explicam os documentos de ajuda da gigante norte-americana, lançados em Setembro de 2011 para resolver os problemas com conteúdo paginado e o conteúdo a ser ranqueado nas pesquisa.

Mas esses atributos vão no header das página, não em nenhum a-element da página.

Então você não incluiria o rel = next ou rel = prev no código do seu link, mas sim no cabeçalho das páginas que eles estão sendo usados. Veja os documentos de ajuda para instruções detalhadas.

John Mueller, do Google, disse no Twitter que, se usamos rel=next em a-element, a pesquisa do Google não faria nada com ele. Provavelmente irá ignorá-lo e tratá-los como links normais.

Ahrefs Content Gap

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Penalizado pelo Google – É possível que tenha de começar de novo

Index Google

O que tem de fazer se foi penalizado pelo Google? John Mueller, do Google, respondeu a uma pergunta no Reddit sobre um site que tem uma penalidade de spam herdada do Google e o site – independentemente das melhorias que faça – simplesmente não consegue recuperar.

É sabido que o Google já disse que às vezes é melhor começar de novo com um novo site, em vez de tentar corrigir  ou recuperar de uma penalidade.

John Mueller oferece o mesmo conselho. John disse: “Se há muita herança negativa associada a isso, tem que conviver com isso, limpá-lo o máximo possível ou mudar para um domínio diferente”. O responsável do Google disse que não há “nenhum” botão de reset “para um domínio, nem sequer temos isso internamente”, para tornar um domínio limpo com o clique de um botão. Não funciona assim.

Não há um “botão de reset” para um domínio, nem sequer temos isso internamente, portanto, uma revisão manual não alteraria nada. Se houver um monte de histórico negativo associado a isso, terá que conviver com isso, limpá-lo o máximo possível ou mudar para um domínio diferente. Eu percebo que isso pode ser  aborrecido, mas é o mesmo com qualquer tipo de negócio, limpar um nome/reputação má pode ser muito trabalhoso, e é difícil de dizer, antecipadamente, se valerá a pena no final.

Aqui está um velho vídeo do Matt Cutts sobre o mesmo tema:

 

Google começou a apresentar páginas sem resultados orgânicos

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Vem aí uma nova vaga de sites em Mobile-First Index

Mobile First Index

O Google anunciou que iniciou um novo processo de lançamento de Mobile-First Index para mais sites.

Essa distribuição é apenas para sites que “seguem as práticas recomendadas para indexação em dispositivos móveis”, disse o Google. Ou seja, sites que ainda não tenham o seu site mobile preparado não deverão ser migrados para a nova indexação.

Esta é a primeira vez que o Google confirma que está a migrar um grande número de sites para esse processo de indexação para dispositivos móveis. O Google disse em Outubro que um número limitado de sites já havia sido transferido. Mas esse anúncio do Google faz parecer que o processo de indexação em dispositivos móveis em grande escala já começou.

A novidade é que os webmasters serão informados através da Google Search Console quando forem migrados para Mobile-First Index.

O Google afirmou que notificará os webmasters/proprietários de sites de que os seus sites são migrados através de mensagens no Google Search Console. Aqui está um exemplo de uma notificação publicada pelo Search Engine Land:

Mensagem Mobile-First Index

O Google também deixou saber que “os proprietários de sites verão um aumento significativo na taxa de rastreamento do Googlebot de smartphone. Além disso, o Google mostrará a versão móvel das páginas nos resultados da Pesquisa e nas páginas em cache do Google”.

O que é o Mobile-First Index?

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Google começou a apresentar páginas sem resultados orgânicos

Linkbuilding Domain Authority

SEOs deste mundo comecem à procura de trabalho. O Google iniciou um projecto para apresentar páginas sem resultados orgânicos. Ok, talvez seja um pouco exagerado (ou talvez não, quem sabe?), não comecem já à procura de novo emprego, mas a notícia avançada pelo Search Engine Land abalou o  dia.

Os sites que até agora trabalhavam para mostrar comparação de métricas ou informações horárias são os mais afectados por esta novidade do Google. O Google sobrepôs-se a tudo e todos e está a exibir respostas sem resultados de pesquisa adicionais, em algumas procuras. Por exemplo, na pesquisa [time in los angeles] ou [time in new zealand], o Google mostrará a resposta e, em seguida, mostrará um botão para carregar os resultados orgânicos.

O Google disse para as consultas onde isso aparece, os utilizadores “raramente usam resultados de pesquisa completos”, e se o utilizador quiser esses resultados, ele pode aceder com o botão “Mostrar todos os resultados”.

Aqui está uma captura do ecrã  disponibilizado pelo Search Engine Land:

Google resultados conversao

 

Google resultados calculadora

 

Google resultados Hora

Google conversao metricas

 

Entretanto, no Twitter o tema esteve no foco das atenções:

 

E até deu para piadas e tudo…

Como diagnosticar queda de tráfego orgânico?

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.