Futura: Conferência de Marketing em Lisboa com a presença de Neil Patel

Oportunidade rara em Portugal, Neil Patel – um dos mais conhecidos “gurus” do SEO da actualidade – irá marcar presença na Futura, conferência de Marketing Digital, 29 e 30 de Novembro, no Four Seasons Hotel Ritz Lisbon.

Ele é o co-fundador da Neil Patel Digital.

O Wall Street Journal chama-o de um grande influenciador na web, a Forbes diz que ele é um dos 10 principais profissionais de marketing, e a Entrepreneur Magazine diz que ele criou uma das 100 empresas mais brilhantes.

Neil é um autor best-seller do New York Times e foi reconhecido como um top100 empresário com  30anos, pelo presidente Obama, e um dos top 100 empresário top 100 com 35 anos, pelas Nações Unidas.

 

AGENDA

29 e 30 de Novembro de 2018

agenda futura

FUTURA – Boosting Digital Marketing

Don Tapscott, Neil PatelAri Wallach e alguns dos mais relevantes decisores portugueses partilham, em Lisboa, os factores-chave que determinam hoje o futuro e o sucesso das suas empresas.

Os bilhetes podem ser adquiridos em http://www.futuradigitalmarketing.com

 

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Guest Posts – Escreva para nós

Guest Posts Portugal

A SEOPortugal está aberta a receber publicações e guest posts de outros bloggers, marketers e SEOs.

Se gosta de escrever sobre Marketing e/ou SEO, se tem estudos e análises que quer partilhar com a comunidade de língua portuguesa: a SEOPortugal está receptiva a receber o seu contacto.

Atenção: Somos muito exigentes quanto aos artigos de convidado (guest posts) que publicamos. Entre em contacto connosco através de info@seoportugal.net para saber exactamente o que pode ou não ser publicado.

Todos os autores que escrevem sobre marketing e SEO na nossa plataforma têm uma vasta experiência e domínio nos seus campos de acção. Este é o nível de qualidade que estamos à procura.

Se está à procura de sites que aceitem guest posts em Portugal , sobretudo na área do SEO e do Marketing, esta é sem dúvida uma opção para si.

Nós apoiamos o blogging em português e partilhamos nas nossas redes sociais o esforço de toda a comunidade em partilhar mais informação sobre SEO.

Guest Posts Portugal

Guest post: o que é e como fazer

Guest Post, em tradução literal para o português significa “post convidado”.

No fundo, Guest Posting ou Guest Blogging é a prática de escrever e publicar artigos em sites ou blogs de outras pessoas e empresas. O dono da página cede um espaço para que convidados possam promover um conteúdo de qualidade para sua audiência.

O autor convidado, por sua vez, pode incluir no texto links que redirecionem para o seu próprio blog ou site.

O benefício destas técnicas e acções é alcançar novas audiências ou conseguir links para o seu site, melhorando a performance da sua estratégia de SEO.

Do lado da SEOPortugal ganhamos por ter conteúdo de qualidade que vai de encontro ao que a comunidade procura.

O Guest Blogging em Portugal ainda não é muito utilizado. Mas há cada vez mais sites internacionais à procura de sites portugueses para publicarem os seus artigos.

Como conseguir publicação

Quando enviar o email para info@seoportugal.net seja directo sobre o que pretende publicar.

O nosso foco está na qualidade do conteúdo. Essa é a barreira que defenimos para a publicação ou recusa de artigos que nos são enviados.

Como escrever um Guest Post?

Para escrever um Guest Post para a SEOPortugal necessita de se adaptar à nossa linha editorial.

Ou seja, adoptar um pouco do nosso estilo e perceber quem é o nosso público e o que procuram quando encontram os nossos artigos.

Escreva bom conteúdo.

Não faça publicidade: mesmo que o seu objectivo seja divulgar algum produto, serviço ou até mesmo a sua marca.

Jamais deixe que o seu texto fique focado em publicidade.

Tente contar uma história, apresentar resultados ou mostrar uma nova maneira de atingir resultados.

Use os links com cautela: utilizar links demais pode deixar o seu guest post carregado. Lembre-se que esse conteúdo precisa ser interessante, atractivo, e obviamente, objectivo.

 

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Moz adquiriu STAT: Porque é que isso é notícia?

STAT – uma das mais recentes e magníficas ferramentas de análise de rankings – e MOZ – uma autoridade a nível de SEO, sobretudo a nível de links – uniram-se. E isso é notícia.

Ainda não é certo como é que esta aquisição irá influenciar os actuais produtos das empresas. Mas no anúncio oficial ambas as partes parecem ver que a junção é natural.

Não é difícil descobrir porquê, certo? Nós compartilhamos uma visão sobre a criação de soluções de pesquisa que mudarão o sector. Ambos somos apaixonados por investir no sucesso dos nossos clientes. Juntos, fornecemos uma ampla variedade de dados e insights accionáveis ​​de alta qualidade para os profissionais de marketing. Combinando as ferramentas de pesquisa SEO da Moz e a experiência de busca local com os rankings localizados diários da STAT e análises SERP, temos a solução de busca orgânica mais robusta do sector.

Rob Bucci, novo vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento e, mais recentemente, CEO da STAT, deixou os seus pensamentos sobre o assunto no blog do STAT!

Do modo que pensamos, Moz e STAT são muito semelhantes – em espírito e estratégia. As nossas culturas apenas se alinham somente, mas nós dois trabalhamos para resolver os mesmos tipos de problemas, e com a Moz em Seattle e nós em Vancouver, somos basicamente vizinhos.

Nós também temos forças complementares. Combinar os nossos rankings diários e localizados e análises de SERP com a experiência local de SEO da Moz e suas ferramentas de pesquisa de palavras-chave e links era algo óbvio. Agora, temos a maior variedade de dados de alta qualidade do sector e a solução de pesquisa orgânica mais robusta para SEOs.

A junção da Moz com o STAT significa a junção de duas máquinas incríveis de dados. Para já, as empresas não revelam quais os produtos que serão desenvolvidos.

Em declarações à SEOPortugal, Rob Bucci garante que o STAT como ferramenta de rankings irá continuar a crescer e a ser desenvolvida. “Não acredito que possamos apresentar nenhum novo produto – fruto desta aquisição da Moz – em menos de um ano. Iremos continuar a trabalhar e a desenvolver o nosso  produto. Isso é certo”

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

O que é PBN? Como criar uma Private Blog Network – Guia Completo

O que é PBN?

Neste artigo decidi escrever sobre um tópico que divide grande parte da comunidade de SEO e explicar, de uma vez por todas: o que é PBN?

Irei abordar o uso de técnicas Grey Hat mais precisamente Private Blog Networks ou mais conhecido pela sigla PBN e explicar todos os benefícios e riscos.

A partir do momento em que assisti a uma palestra sobre Grey Hat SEO, de como usar PBNs por Craig Campbell, no Brighton SEO, achei que faria sentido partilhar este conteúdo com a comunidade de SEO em Portugal. Existem muitas pessoas a favor, bem como pessoas contra, por isso deixo a liberdade de cada um de vocês julgar e escolher se querem utilizar ou não.

O que é PBN?

PBN (ou Private Blog Network) é uma rede de websites autoritários (bom backlink profile) que é utilizada para criar links para o seu website principal, com o propósito de posicionar melhor o seu website no motor de busca do Google.

O site principal do seu negócio é aquele que gera dinheiro, é o seu money site.

Todos os outros sites de apoio, que são criados com o intuito de fortalecer o seu site principal com o envio de link juice, ao invés de gerar receita de forma directa, são chamados de PBN.

Um detalhe muito importante: estes websites não podem ter links entre eles -de qualquer tipo. A ideia e parecer que estes websites/links não sejam relacionados entre eles.

O que é PBN?

Porque é que há pessoas contra esta técnica

O uso de PBNs é contra as boas práticas recomendadas pelo Google e se descobertas podem levar a uma penalização do website por criação de links não naturais.

Por esta altura está a questionar-se: Devo ou não usar PBN? Como referi depende muito da sua opinião sobre este tema.

Se se está a questionar se PBN funciona… A resposta é: Funciona! Senão funcionasse, o Google não tentaria penalizar quem utiliza este método.

Já foi mais fácil de criar PBNs. Cada vez é mais complicado de criar PBN de forma a passar essa autoridade e por vezes torna-se difícil de encontrar domínios com um bom backlink profile, uma vez que esta técnica é tão utilizada e tantas pessoas procuraram estes domínios.

Portanto, devera medir se o risco e o ROI para saber se realmente será benéfico o uso destes sites secundários de apoio.

São só pequenos websites que usam PBN

Não. Já vi marcas grandes a utiliza-los nas suas técnicas de backlink. Obviamente não utilizam apenas esta técnica mas faz parte das suas estratégias.

Outra das razões pela qual as empresas recorrem a Private Blog Networks é porque existem nichos de mercado para os quais é bastante difícil de criar links de forma natural.

São exemplos o Gambling, Casinos, Loans, etc…

Outra das razões pelas quais pode querer criar PBNs é para fazer gestão de reputação. Por vezes, há um resultado na  SERP do Google negativo para o seu negócio, e torna-se necessário que ele caia algumas posições, sendo ultrapassado por sites que nós controlamos.

Como criar uma Private Blog Network

O primeiro passo para criar uma PBN é escolher um produto, construir um money site para divulgar o produto ou serviço. Depois, construir um PBN de qualidade para passar links de qualidade para o money site e fazê-lo rankear nas primeiras posições do google.

Que métricas devo utilizar para escolher bons domínios?

Como saber se um site é bom para PBN? Métricas como DA ou o DR são boas para nos darem uma ideia sobre o domínio, contudo não deixam de ser uma “third party metric” e não uma métrica da própria Google.

Muitas vezes não são precisas, dando-nos uma ideia não realista se irá influenciar positivamente as nossas posições no motor de busca.

No que nos devemos realmente focar:

  • Referring Domains – Mostra quando websites tem um link para o seu domínio
  • Backlinks  – Número de backlinks que o website tem para o seu domínio, por exemplo 1 referring domain pode ter 3,5, 10 backlinks a apontar para o seu website.
  • Anchor Text do Domínio para PBN  – Texto que foi utilizado para linkar para o domínio, tente escolher que maior parte da anchor text seja o nome da marca ou o domínio e não muitas exact match anchor text ou spam.

Para estas métricas recomendo utilizar a ferramenta AHRefs pois e a que normalmente possui uma database com maior numero de backlinks/referring domains para cada domínio.

Tipos de domínios e onde os encontrar:

  • Expired Domains: Um domínio que foi deixado expirar e que esta disponível para registar em qualquer registrar a preço de registo.

Para os encontrar devera usar uma ferramenta de scraping como por exemplo:

PBNLab

Domain Hunter Gatherer

Estes tipo de serviços irá trazer bastantes resultados que deverão ser analisados posteriormente manualmente para obter o melhor domínio possível.

  • Backorder Domains: Um Backorder domínio e basicamente um expired domain, a diferença é que neste tipo de serviços (backorder service) vocês estão a tentar adquirir o domínio antes de este expirar. Ou seja, estes serviços vão tentar adquirir o domínio assim que este fique disponível para registo, para aumentar as chances de o adquirir deverá tentar comprar o domínio através de diferentes serviços de backordering.

Namejet

Dynadot

Snapnames

  • Auction Domains ou Non Expired Domains: Normalmente estes domínios mantém a idade do domínio pois está a ser vendido antes de expirar e muitas das vezes e onde se encontra domínios com o melhor backlink profile obviamente isto ira influenciar o preço do domínio.  Para encontrar este tipo de domínios devera usar um domain broker ou então um site que permita comprar Auction Domains.

SERPChampion

TBSolutions

Hosting / Alojamento para o Domínio

Agora que já possuem o domínio/domínios é hora de encontrar um alojamento para os seus PBNs.

Para prevenir que a Google ou atá a sua concorrência encontre todos os websites por razões óbvias deverá coloca-los em diferentes hosting, pode fazer isto de duas maneiras: comprar planos de hosting em diferentes empresas ou então recorrer a serviços como os listados abaixo, em que cada domínio adicionado irá estar alojado num hosting diferente e com um IP diferente.

EasyBlogNetworks
BulkBuyHosting
GoPBN

Criar o website

Agora que já tem domínio e alojamento, chega a parte de criar o website, para isto poderá criar em html ou mais simples ainda, simplesmente utilizar Softaculous auto instalar que vem no CPanel do seu hosting e criar um website em WordPress.

Este website mesmo sendo um PBN deverá parecer um website totalmente legitimo com Logotipo, “Sobre nós”, “Contactos”, etc… Mas também perfil nas redes sociais, quando possível.

Cada um destes PBNs deverá parecer diferente em termos de WordPress Theme, plugins, imagens e conteúdo para não haver footprints em caso de uma inspecção manual da Google.

Uma dica: em caso de utilizarem um expired domain, podem manter o mesmo tópico/nicho e se possível parte do conteúdo antigo do website que poderão encontrar muitas das vezes no serviço wayback archive.

o que é PBN,Wayback Archive

Se o domínio que escolheram tinha uma página, por exemplo, exemplo.com/servicos, e essa página possui links que apontam para ela (podem ver isto através do Ahrefs, Pages-Best by Links) deverão reconstruir essa mesma página para reter o máximo de link equity possível.

Ahrefs Pages Best By Links

Outro factor importante e que o WordPress theme mostre os posts completos na homepage pois será de onde iremos linkar para o nosso website pois á a página que possui mais link equity ou link juice.

Linkar ao vosso Money Website

  • Criem um novo post para linkar aos vossos money websites, este post deverá ser dentro do tópico do PBN e do Money Website.
  • Não criar mais do que dois links por cada money website no mesmo PBN.
  • Não linkar a mais do que 8 money websites muito menos se estes estiverem dentro da mesma Google Search Console ou servidor.
  • Linkar a sites autoritários.
  • O post deverá ser o mais completo possível, pelo menos 500 palavras e incluir imagens.

Escolher o Anchor Text do link

A forma que recomendo é fazer “reverse engineer” aos websites nas posições top 10 do motor de busca, para que possam ter uma ideia do número de “referring domains” e também de “anchor text” para que possam “imitar” o padrão de percentages de brand anchor text, url e “target anchor text”.

Senão, e por via das dúvidas, utilizem brand anchor text ou url.

Bot Blocking

Um PBN não deverá ser privado aos olhos do Google, pois precisamos que este veja os links que criamos.

Contudo, a ideia da PBN é que seja privada para o resto das pessoas. Especialmente para a vossa concorrência.

Normalmente, quando estamos a analisar a concorrência utilizamos ferramentas como Majestic, OpenSiteExplorer da Moz ou Ahrefs para ver os links que estes possuem.

Contudo, é possível esconder os vossos PBNs de aparecer nestas ferramentas através de “bot blocking”, quer seja através de código no ficheiro do htaccess ou de plugins de WordPress, como o Spider Blocker e StopBadBots.

Basicamente é isto.

Não é nada de muito complicado de criar.

Espero que este post vos ajude com dúvidas que possam ter, se ao lerem o post tiverem alguma dúvida, não hesitem em colocar nos comentários.

O SEO para mim é um desafio em que sei, à partida, que vou perder para os motores de busca. Mas até o dia em que deitarei a toalha ao chão irei somando pequenas vitórias em batalhas travadas através de conteúdo, links e brand awareness.

Como escolher uma agência de SEO segundo o Google

Como escolher uma agencia de SEO

Como escolher uma agência de SEO. Para as empresas que procuram soluções em agência, esta é uma pergunta não só válida como uma pergunta com resposta difícil.

Antes de escolher uma agência, e antes mesmo de começar à procura de agências de SEO, deve entender realmente as suas necessidades. Se não o fizer, facilmente encontrará obstáculos e frustrações.

Se o mundo do SEO é completamente estranho para si e não tem confiança em nenhum profissional para o aconselhar, aconselho vivamente a ler alguns (ou todos) dos seguintes artigos:

Vamos agora passo por passo com algumas questões que terá de responder primeiro. Só assim saberá como escolher uma agência de SEO:

  1. Precisa de uma agência que execute os seus planos ou precisa de alguém que o ajude  a definir a  estratégia?
  2. Precisa de uma agência para criar conteúdo?
  3. Precisa de uma agência que seja focada nos aspectos técnicos do seu site?
  4. Precisa de uma agência que avalie e coloque em dados a evolução do seu site?
  5. Precisa de uma agência para linkbuilding?
  6. Quais os objectivos (claros e concretos) a 6 meses e a 12 meses?

Como escolher uma agencia de SEO

Objectivos em SEO

Um dos principais pontos de partida são as expectativas, ou seja, definir os objectivos e metas a alcançar.

Acontece muitas vezes que as expectativas das empresas estão completamente desalinhadas com o que, verdadeiramente, se pode esperar das estratégias e/ou campanhas de SEO.

Melhoria nos Rankings

A base do SEO são os ranking nos motores de busca. Sendo o Google, por norma, o principal e mais relevante.

É de esperar que qualquer estratégia de SEO melhor os seus ranking orgânicos. Porém, não espere passar de uma situação em que não está a ranquear para uma situação em que estará na primeira posição. Ninguém pode garantir isso. S eo fizerem, desconfie!

As melhorias dos rankings tendem a ser progressivas. Dependendo da concorrência, ranquear no top 3 pode demorar entre 6 meses a 1 ano.

Mais tráfego orgânico

Há a ideia que melhores rankings geram mais visitas. Bem, isso até pode ser verdade, mas terá de definir claramente se as suas metas são rankings ou visitas.

Diferentes métricas fazem com que as agências e os consultores de SEO tomem diferentes estratégias.

Se quer mais visitas orgânicas, seja claro quanto está a pensar crescer ao ano. E lembre-se, qualquer estratégia em SEO pode demorar até meio ano até se verem resultados palpáveis.

Mais conversões

A verdade é que pode medir o impacto orgânicos simplesmente através de conversões no seu site. independentemente se melhora os rankings ou se tem mais visitas.

Se o seu objectivo forem conversões de utilizadores vindos do Google, seja explícito sobre quanto espera crescer ao ano. Não peça resultados ao mês ou dois meses. No máximo, coloque metas a cada 3 meses.

Mais links

Melhorar o perfil de Linkbuilding será, por ventura, a única estratégia em que poderá ver resultados em um mês. Porém, a quantidade de links não é sinónimo de resultados.

Seja explícito quanto a que tipo de links quer. Se são links de sites com autoridade, links que levem tráfego ao seu site, links para brand awareness…

Lembre-se: Não cobre à agência por resultados que não pediu. Estará a colocar em causa a relação com os profissionais de SEO.

Por outro lado, assegure-se que os links conseguidos pela a agência são naturais e não parte de PBNs que lhe podem trazer penalização do Google ou simplesmente desaparecer no dia que terminar o contrato com a agência.

Mais conteúdo de SEO

Se a sua estratégia é ter mais conteúdo e quer aposta em Marketing de Conteúdo, então defina se quer mais conteúdo ou melhor conteúdo.

Quais são as suas metas? Gerar mais visitas para o blog? Gerar mais visitas para os seus produtos?

Definir o conteúdo que necessita ajuda a definir metas e objectivos. Se quer construir campanhas de SEO os objectivos (e a estratégia adoptada) serão diferentes das definidas para uma estratégia de conteúdo informativo (geralmente mais upper funnel).

Gestão da Reputação Online

Por vezes há ainda a necessidade de contratar uma agência para gestão da reputação online da sua marca ou de algo relacionado com a sua empresa.

Nestes casos os objectivos tendem a ser bastante claros (que as páginas a ranquear actualmente passem para a segunda ou terceira página do Google), mas a sua execução é muito mais complexa.

Aliás, poderá ser necessário, por vezes, utilizar técnicas mais agressivas para o conseguir.

Nestes casos, tenha a certeza que a empresa de SEO que está a contactar já eleborou e executou este tipo de projectos no passado.

Mais downloads de App

A procura por especialiastas em ASO tem crescido à medida que o negócio online tem mudado de desktop para mobile e de mobile para apps. Ainda não é muito comum os serviços únicos de optimização de App Stores em SEO, mas é possível que o futuro mude esta lógica.

A optimização do Google Play ou do iTunes é cada vez mais necessária. Sobretudo para empresas que tanto investem em aplicativos. Ter uma estratégia de optimização constante é fundamental para continuar a crescer o número de downloads.

Dicas para escolher Agências de SEO

É sempre difícil escolher uma agência de SEO, sobretudo porque terá que passar, pelo menos, três meses à espera de resultados sem ter a certeza que eles chegam. Mas há algumas dicas para escolher agências de SEO.

  1. Escolha uma agência que trabalhe com grandes empresas/clientes. Geralmente isso é um sinal de que essas agências ou consultores têm alguma credibilidade;
  2. Pedir exemplos de campanhas de SEO e de resultados alcançados no passado é sempre um bom método para medir a qualidade do trabalho;
  3. Desconfie sempre que alguma agência ou consultor lhe garantir: a) 1# posição do Google, b) Resultados em um mês;
  4. Desaconselhamos qualquer agência ou sonsultor cuja a primeira técnica que lhe apresente seja relacionada com links – a não ser que seja realmente isso que necessita.
  5. Confie sempre nas agências que lhe dão um relatório personalizado aos seus objectivos. Se os relatórios são padrão e não lhe mostram claramente os seus KPIs nunca irá saber se realmente está a justificar o investimento ou não.

Agência de SEO – Preços:

Os preços das agências de SEO diferem muito consoante os seus objectivos. Quanto mais desafiantes forem os seus objectivos, mais irá pagar.

O preço justo depende sempre dos ganhos que irá ter. Mas até a agência mais barata pode sair a agência mais cara. O mesmo se aplica a consultores de SEO.

Pagar pouco pode ser sinal de que irá ter pouco em troca. Escolher uma agência de SEO simplesmente pelo preço (barato) pode sair muito caro. Sobretudo, se não conseguir alcançar nenhum dos seus objectivos.

Ao definir os seus objectivos, pense se esses ganhos cobrem os gastos com o consultor/agência; e, de preferência, ainda lhe dá margem de crescimento.

Resultados negativos

Se está a trabalhar com uma agência ou consultor e está a ter resultados negativos, isso não significa claramente que fez uma má aposta.

Por vezes, há uma queda de tráfego orgânico devido a factores externos ao trabalho dos profissionais. Oiça com atenção o que a agência lhe comunica e tira as suas conclusões.

Updates do Google podem fazer com que a agência não consiga cumprir os seus objectivos. Porém, como cliente, deve pensar: quais seriam os meus resultados perante esta crise se não estivesse a trabalhar com eles?

Se pensa que estaria pior, então valorize e apoie o trabalho dos profissionais que trabalham para si. Dê uma palavra de confiança. Eles são os primeiros a ficarem frustrados por não apresentarem os resultados esperados.

Como contratar um SEO

Na hora de contratar uma agência de SEO ou um qualquer outro profissional de SEO há alguns pontos em ter em consideração.

Você investiu tempo e dinheiro criando um óptimo site. Mas o seu site chique pode não ir além de um depósito de dinheiro se não se tornar em um gerador de receitas para a sua empresa.

O website precisa gerar um fluxo constante de tráfego qualificado, pessoas que estão à procura do tipo de solução que o seu site/negócio oferece.

Uma das melhores maneiras de conseguir isso é através do SEO (Search Engine Optimization), trazendo organicamente o seu site para o topo dos resultados de pesquisa para palavras-chave relevantes.

O processo de SEO envolve muitas partes móveis, algumas das quais são técnicas, portanto, empresas que levam a sério o desempenho do Google geralmente contratam um profissional de SEO ou uma agência.

Mas como você escolhe? O campo de SEO é tão amplo que pode ser confuso e difícil escolher uma empresa para confiar o seu negócio.

Embora uma boa empresa de SEO possa melhorar os rankings do seu site e fornecer mais tráfego e clientes em potencial, as práticas inadequadas de SEO podem, na verdade, piorar a sua performance, causando enormes prejuízos aos seus resultados.

A indústria e as tácticas de SEO evoluem a um ritmo acelerado. Você também quer garantir que está a pagar apenas pelo trabalho que causará um impacto positivo, e não por estratégias desactualizadas ou ineficazes.

Para obter respostas sobre como escolher uma agência de SEO, o Google disponibilizou um vídeo com algumas dicas e conselhos bem interessantes.

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Lista de blogs de SEO em Português

blogs de seo em portugues

A SEO Portugal é um blog de SEO em Português, onde abordamos temas relacionados ao marketing digital que directa ou indirectamente afectam a performance orgânica de um site. Mas há outros blogs de SEO em português que nós consideramos que valem a pena ser seguidos.

Esta é uma lista de blogs de SEO em português (com sotaque brasileiro ou lusitano) que provavelmente peca por defeito. Se tiverem sugestões de outros blogs de SEO deixem nos comentários.

Desde já a nota: obrigado a todos os tweeteiros que nos ajudaram a elaborar esta lista, nomeadamente ao Pedro Dias, à nossa unicórnio de leads Joana Rita Sousa 🦄 e ao Bruno Mujique Amaral. Se não os seguem no Twitter, deveriam…

blogs de seo em portugues

Lista de Blogs de SEO em Português

Vamos começar logo a matar e com poucas modésticas, porque se não acreditassemos no nosso valor não perdiamos tempo com este blog. Nós somos o Cristiano Ronaldo (ou o Neymar, ou o Messi ou  o Ronaldinho Gaúcho… escolham vocês!) do SEO em português. Ponto.

O SEO Portugal foi criado para divulgar truques e dicas (e algumas novidades, vá…) de SEO e fomentar a curiosidade dos falantes da língua portuguesa sobre o SEO. Até dicas de Excel nós temos.

E fornecemos a lista de melhores consultores de SEO em língua portuguesa.

Todos os autores do site são reconhecidos SEOs e Digital Marketeers. Basicamente, sabemos do que falamos. Se não nos segues no Facebook ou Twitter – e se não assistes aos nossos webinars de SEO gratuitos – basicamente és totó (viram como eliminámos o artigo indefinido antes do adjectivo e nos tornámos mais inclusivos?!)

Seguindo por terras portuguesas, e com todo o mérito, temos o blog do Marco Gouveia. O Marco Gouveia é Consultor de Marketing Digital, Google Regional Trainer | Head Of Digital Marketing @ Pestana Hotel Group | Consultor SEO, Google AdWords & Analytics  – roubámos do Linkedin – e, portanto, o homem sabe do que fala.

Querem novidades sobre o Google, as últimas tendências e aquela sugestão que vai fazer com que o seu site ganha mais umas centenas ou milhares de visitantes? https://www.marcogouveia.pt/blog/

Já que estamos em consultores, o site do Pedro Dias é um pequeno grande repositório de dados interessantes para entender o SEO.  de facto, até tem uma “Biblioteca de SEO e UX”.

O que é UX? Vão lá e depois digam-nos…

Está comprovado, o SEO Comprovado do Eduardo Borges é claro como a água. Aqui não há banha da cobra, SEO aprende-se trabalhando Não venham com certificados que o Eduardo pede logo resultados.

Novidades no mundo da optimização de sites e ainda alguns mini cursos…

Com sotaque brasileiro o SEO News traz as todas as novidades do mundo orgânico para a língua portuguesa. E, segundo o Pedo Dias, “a Natascha Hun escreve lá”.  “Ela publica algumas coisas interessantes, e com pés e cabeça”.

O Blog tem uma secção dedicada a Palestras e Cursos de SEO.

O Tico Santos é blogger empreendedor e pai de família. Ama o que faz e é “um fervente servidor das SERPs”.

O seu Club SEO de Verdade também oferece curso de SEO em http://www.seodeverdade.pro/ 

Vale a pena seguir o Blog e o grupo criado no Facebook.

 

Um dos maiores erros das agências é não cuidarem da sua própria imagem, redes sociais ou SEO. A Agência Mestre faz jus ao nome e ajudam o cliente a entender a importância do SEO com artigos bem pertinentes.

A Conversion é uma agência de SEO. Vale a pena seguir o seu blog, sobretudo devido às dicas de SEO local. Os artigos são de fácil leitura e ajudam muito, sobretudo, se está num nível ainda básico de marketing orgânico.

Sim, é uma tool de SEO e querem vender, mas a verdade é que há poucos argumentos melhores do que mostrar que se sabe do que se fala. O Semrush tem um blog em português com dicas e estudos super interessantes.

Tendo um blog sobre SEO em português é só mais uma vantagem que oferecem.

A Nova Escola de Marketing é do Rafael Rez, e é uma biblioteca online de saber. Marketing inbound, conteúdo, marketing digital… até tem Cursos de Marketing Digital. O sabor a Terras de Vera Cruz é só mais um plus.

Ps: É um site apoiado pelo Semrush!

  • Charles Madureira

O Charles Madureira especializou-se em estratégia SEO e Adwords. “Tanto quanto me lembro, eu sempre fui um sonhador. Para saber por que o marketing me escolheu, é necessário voltar à minha infância. Eu trabalhei duro e tive aulas noturnas para aprender mais. Todos esses esforços me permitiram alcançar uma das 50 maiores empresas da França”.

Tens um blog de SEO e nós não sabemos? Deixa-nos a sugestão nos comentários.

Para saber como escolher uma agência de SEO clique no link!

 

 

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.