Moz adquiriu STAT: Porque é que isso é notícia?

STAT – uma das mais recentes e magníficas ferramentas de análise de rankings – e MOZ – uma autoridade a nível de SEO, sobretudo a nível de links – uniram-se. E isso é notícia.

Ainda não é certo como é que esta aquisição irá influenciar os actuais produtos das empresas. Mas no anúncio oficial ambas as partes parecem ver que a junção é natural.

Não é difícil descobrir porquê, certo? Nós compartilhamos uma visão sobre a criação de soluções de pesquisa que mudarão o sector. Ambos somos apaixonados por investir no sucesso dos nossos clientes. Juntos, fornecemos uma ampla variedade de dados e insights accionáveis ​​de alta qualidade para os profissionais de marketing. Combinando as ferramentas de pesquisa SEO da Moz e a experiência de busca local com os rankings localizados diários da STAT e análises SERP, temos a solução de busca orgânica mais robusta do sector.

Rob Bucci, novo vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento e, mais recentemente, CEO da STAT, deixou os seus pensamentos sobre o assunto no blog do STAT!

Do modo que pensamos, Moz e STAT são muito semelhantes – em espírito e estratégia. As nossas culturas apenas se alinham somente, mas nós dois trabalhamos para resolver os mesmos tipos de problemas, e com a Moz em Seattle e nós em Vancouver, somos basicamente vizinhos.

Nós também temos forças complementares. Combinar os nossos rankings diários e localizados e análises de SERP com a experiência local de SEO da Moz e suas ferramentas de pesquisa de palavras-chave e links era algo óbvio. Agora, temos a maior variedade de dados de alta qualidade do sector e a solução de pesquisa orgânica mais robusta para SEOs.

A junção da Moz com o STAT significa a junção de duas máquinas incríveis de dados. Para já, as empresas não revelam quais os produtos que serão desenvolvidos.

Em declarações à SEOPortugal, Rob Bucci garante que o STAT como ferramenta de rankings irá continuar a crescer e a ser desenvolvida. “Não acredito que possamos apresentar nenhum novo produto – fruto desta aquisição da Moz – em menos de um ano. Iremos continuar a trabalhar e a desenvolver o nosso  produto. Isso é certo”

Queria ser Jornalista, mas fugi para o Marketing e dei por mim a trabalhar como SEO. Em agência ou in-house, já trabalhei com projectos do Spotify, Telepizza, Amazon, Hostelbookers, Hostelworld, 360imprimir ou EF Education First. Sonho um dia ainda voltar a Portugal e viver do Marketing Digital. Fundei a SEOPortugal para ajudar a divulgar o SEO e partilhar algum conhecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *