Pesquisas Por Voz: Porque é que não te deves procupar com isso para já?

No final do ano passado fui bombardeado com pedidos para investigar formas de aumentar os resultados de pesquisas por voz. As famosas listas das tendências de 2019 traziam as procuras por voz bem no topo das prioridades.

Este texto é exactamente sobre porque é que não te deves preocupar com procuras por voz neste momento.

Procuras por voz ainda não chegou à nossa língua

2018 voice search statistics

A imagem em cima foi vista num artigo sobre estatísticas de procuras por voz. Segundo o artigo, as pesquisas por voz estão a crescer e, por isso, deveriamos adaptar a nossa estratégia.

A verdade é que estes dados só mostram real crescimento nos países de língua inglesa. Em especial, Estados Unidos e Reino Unido. Nos restantes países não há qualquer prova de que as procuras por voz estejam a crescer a um ritmo acelerado.

Procuras rotineiras

1178 Inline 01

De acordo com o próprio Google – que, aliás, tem evitado providenciar muitas informações sobre o tema – 72% das pessoas que utilizam recursos de voz fazem-no como parte da sua rotina diária.

1178 Inline 04

Ou seja, a maioria das pesquisas são informacionais e poucas irão realmente levar a visita ao seu site.

Obviamente há um interesse de branding e de posicionamento em aparecer, mas já irei explicar mais à frente porque é que não se tem de preocupar com procuras por voz para ganhar esse espaço.

Dispositivos voz ainda não estão preparados para comércio

apple homepod stats

A tecnologia é recente, as empresas ainda não saltaram à maluca para estratégias de voz e isso tem atrasado o crescimento da tecnologia e o modo como os serviços podem oferecer mehores resultados.

Há, sobretudo nos Estados Unidos da América, o crescimento de compras feitas por voz. Especialmente, em dispositivos da Amazon. Mas esta ainda não é a prática mais comum. Muito menos fora do ambiente da Amazon.

Desafios com as pesquisas de voz

Saber, no dia de hoje, para que resultados um website está a aparecer para resultados de voz é bastante complicado. Não é 100% impossível, mas o que é possível tão pouco é 100% da realidade.

Esta falta de dados de Voice Search – que o Google até já prometeu superar – é um sinal claro que o Google sabe que os números ainda não são tão fantásticos assim.

Há algumas ferramentas que já permitem integrar o Google Analytics e saber quais os resultados que estão a ser lidos aos utilizadores pelos dispositivos de voz. Mas são caros e o investimento fora dos Estados Unidos praticamente desnecessário.

Voice Search: O que fazer agora?

Featured Snippets

Featured Snippets são uma boa forma de começar a trabalhar.

  1. Já podem ver resultados reais através de procuras em desktop e mobile
  2. Sabemos que muitos dos resultados de voz já usam featured snippets.

Vimos um enorme aumento na visibilidade como resultado desta estratégia. Remover conteúdos desactualizados e actualizar páginas antigas é um óptimo ponto de partida.

A optimização para featured snippets não apenas permite que o seu site apareça duas vezes na primeira página para um resultado, mas também permite que ele se torne a resposta da pesquisa por voz, em muitos casos.

Os snippets em destaque são accionados para uma grande proporção de consultas devido à sua natureza. É uma estrutura totalmente escalável, que podemos facilmente adaptar e adicionar, em vez de tentar empilhar mais e mais perguntas e respostas em uma única página.

Anglian Featured Snippets

Há vários estudos sobre “voice search”. A maioria demasiado positivos e longe da realidade, na minha opinião.

Search Console

Na Search Console pode tentar encontrar “queries” que pareçam ter sido realizadas através de voz:

  1. Queries que comecem com “Como”, “Porquê”, “Quanto”…
  2. Procuras que tenham acentos e sem erros gramaticais
  3. Frases longas e elaboradas

Este pode ser um bom indicativo de que uma determinada procura foi realizada através de voz.

Sabendo disso, pode tentar optimizar/criar conteúdo que melhor responda às intenções dos utilizadores.

Assistentes Virtuais

Não está directamente relacionado com SEO, mas sim com Virtual Assistants. Há já muitas empresas a movimentarem-se neste espaço e o Google tem ajudado a criar estratégias para diferentes áreas de negócio.

Voice Search Pesquisa Por Voz

Os assistentes são uma excelente maneira de aumentar a visibilidade da sua marca – o que aumenta as interacções nas redes sociais e poderá melhorar os rankings.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.